Eric Castel

Eu tenho uma característica que as vezes se torna um problema.

Quando gosto de algum livro ou personagem, fico louco se não conseguir ter acesso à coleção completa do mesmo. Foi o que aconteceu c0m Eric Castel.

Eric Castel

Semanas atrás, mostrei aqui no blog dois quadrinhos que trouxe da Espanha. Um deles, era o primeiro volume do personagem Eric Castel, chamado “Eric Castel ey los Juniors”, de Raymond Reding e Françoise Hugues.

Eric Castel é um personagem fictício, criado na década de 80, e que jogou pelo Barcelona, Inter de Milão e pelo Paris Saint Germain (tudo na ficção, não se esequeça).

Assim que cheguei no Brasil procurei nos sebos e pela internet novas histórias de Castel.

Encontrei o terceiro volume “Tarjeta roja!”, que traz a história de um jogo na Alemanha onde Eric Castel é injustamente expulso.

Digitalizar0001

Eric é aquele jogador que todo torcedor sonha para seu time.

Esforçado, dedicado, boa gente, não mercenário, enfim… Tudo o que  a gente espera como torcedor de um atleta.

Mas para achar os demais livros de Eric Castel estou passando por um pesadelo.

Desde que voltei, busco os demais livros dele (acho que no total são uns 16) e … nada.

Pra piorar, eles só foram editados na França, Itália, Espanha e Catalunha.

Se você tiver algum e quiser me vender, escreva para mim: punkabc@ig.com.br

Abraços!

Anúncios

Resenhando quadrinhos…

Como disse, enquanto esperava 3 horas no aeroporto de Madrid, comprei 2 quadrinhos relacionados a futebol.

Um deles, “Mortadelo y Filemon, Mundial 2006”, que conta uma aventura dos personagens conhecidos no Brasil como “Mortadelo e Salaminho” em plena Copa do Mundo de 2006.

mortadelomundial2006

É um quadrinho de humor, mas sem muito conteúdo relevante, na minha opinião. É aquela linha pastelão, mas sequer usam nomes dos times de verdade. Gosto muito do traço do Francisco Ibáñez, mas acho que a linguagem dele é mais televisão que quadrinhos.

Bitmap_em_Figura1

Pra quem ficou curioso, acesse o site deles: www.mortadeloyfilemon.com ou veja abaixo quem são esses dois personagens:

Confesso que não me animei muito. Mesmo sabendo que era um besteirol, esperava algo mais ácido e politizado. Tanto que demorei pra pegar o segundo livro, com medo de não gostar também e já me sentir meio derrotado em minhas primeiras compras em terras européias.

Ledo engano. Eric Castel, o personagem boleiro que já existe há muito tempo, principalmente na Espanha é um verdadeiro clássico do Futebol em quadrinhos.

ericoi

O livro conta parte da história do próprio Eric Castel (não sei quem é a inspiração real pra ele), quando ele retorna ao Barcelona e tem que se firmar com jogador titular.

Além das dificuldades usuais, Eric tem que lidar com um Iuguslávo companheiro de time que não se dá muito bem com ele.

Pra buscar tranquilidade, Eric se refugia num bairro afastado de Barcelona, onde conhece “Los Juniores” um time de bairro que faz o atleta relembrar seu passado das ruas. Muito legal…

O quadrinho de Raymond Reding (falecido em 1999 e criador de outros heróis do futebol como ‘Vincent Larcher’, além do clássico Tintin) e Françoise Hugues é mais sério, mais quadradão e lembra um pouco os quadrinhos da marvel da década de 80.

reding

Pra acabar, um bom vídeo mostrando outras ligações entre o futebol e os quadrinhos e universo comics: