Sandro Gaúcho e o Vulcão

Páscoa!! Data de chocolate, diversão e … Rolê Boleiro, pra quem não vive sem FUTEBOL!

Aproveitamos o feriado e fomos até Poços de Caldas, para assistir ao jogo do Vulcão, pelo Módulo II do Campeonato Mineiro. Vulcão é o apelido do time Poços de Caldas Futebol Clube, já escrevemos sobre o time, clique aqui e relembre como foi!.

Antes de chegar lá, demos uma parada em Cosmópolis (terra natal da Mari) e depois, em Águas da Prata (também já escrevemos sobre o Estádio da cidade, clique aqui para lembrar!).

O detalhe é que na volta passamos lá de novo e deu pra vermos os macacos que habitam a região, bem próximo das barracas de alimentos.

Já em Poços de Caldas, antes de mais nada fomos até a tradicional fonte de água sulfurosa pra relembrar o quão fétida ela é…

Apesar do cheiro e da temperatura (ela é quente mesmo com o frio que estava), como dizem que ela tem diversas propriedades terapêuticas, encaramos o desafio e até tomamos um pouco…

Antes de irmos ao Estádio Ronaldo Junqueira, o Ronaldão, passamos ali pela praça e encaramos um belo lanche em um dos diversos traillers ali no centro.

Claro que escolhemos um trailler que tivesse uma cara mais boleira… Se liga no nome dos lanches:

A Mari preparou até um esmalte especial pra torcer pro Vulcão, cujas cores são laranja e preto (aliás, ela acabou de escrever sobre esmaltes, no blog dela, leia aqui).

Infelizmente, chegamos à cidade, junto do frio e da garoa, e pelo número de carros estacionados em frente ao Estádio, o público parecia não ser muito grande, mesmo sabendo que o Vulcão dependia do resultado para passar de fase e lutar pelo acesso à primeira divisão.

Nas bilheterias, descobrimos que o preço dos ingressos variava de R$2,5 (meia entrada da arqubancada descoberta) a R$ 15 (entrada integral para a arqubancada coberta – que não é toda coberta).

Logo na entrada a primeira diferença dos estádios mineiros para os paulistas: O uniforme da polícia militar (sei que não dá pra ver muito bem, mas os policiais estão ali no fundo…)

Como já esperávamos, devido à chuva, o público era pequeno…

Fica registrada nossa presença em mais um estádio!

Ali, o pessoal da KuatiLoko, esperando o jogo começar!

E ali, próximo ao gramado, a famosa “Galera do alambrado“, infernizando o técnico adversário com sua poderosa buzina!

O mascote do time fica ali, atrás do gol, protegendo o time do Vulcão.

O tempo era frio, mas o jogo começou quente. Várias faltas e lances mais “pegados” caracterizaram a partida.

O técnico do Vulcão é Sandro Gaúcho, emprestado , assim como boa parte do time, pelo Santo André, para a disputa da segunda divisão Mineira.

Imagem retirada de blogdovulcao.blogspot.com

Ah, dê uma olhada você mesmo em como é o campo:

A galera que ficou na arqubancadado outro lado, pagou menos, mas deve ter sofrido com o frio e a garoa que caia.

Do outro lado, uma parte do estádio coebrta, assegurava ao menos lugares secos pra se sentar.

Fiquei com medo de ser visto como pé frio, porque após um contra ataque do Araxá, não é que os visitantes fizeram 1×0, tentando escapar do rebaixamento? 

O Vulcão, que já esteve isolado na liderança vinha em queda, após uma sequência de 4 jogos sem vitória (1 empate e 3 derrotas). A própria torcida já começava a perder a paciência, quando o treinador Sandro Gaúcho colocou em campo o jogador Evandro.

E não é que o cara resolveu os problemas do treinador? Além de arriscar chutes de longa distância ele cadenciou o jogo no meio campo e ainda bateu o penalty sofrido ainda no primeiro tempo, igualando o palcar.

Mas ainda era pouco para um time que iniciou tão bem o campeonato. Mais uma vez, jogada de Evandro, que recebou no meio campo, avançou e cruzou na área para o cabeçeio de Luciano, alterar o placar!

Ufa, pensei que a camisa que eu ganhara ano passado iria dar azar…

No segundo tempo, a chuva apertou. Nem a bateria da torcida resistiu ao frio e à água…

Ah, mas em campo, o tempo esquentou. Faltas violentas, reclamações constantes e até um princípio de desentendimento entre os atletas.

E ali, em frente à área, mas sem deixar de atacar junto do time, o herói da torcida Andreense e agora também, do pessoal do VulcãoSandro Gaúcho!

Os 2×1 praticamente classificaram o time com uma rodada de antecedência. Vamos ver se além disso, Sandro consegue dar o acesso tão sonhado ao time de Poços de Caldas. Leia mais notícias em: http://blogdovulcao.blogspot.com/

Apoie o time da sua cidade!

Valorize sua gente e sua história, antes que você não tenha mais história…

The URI to TrackBack this entry is: https://asmilcamisas.wordpress.com/2010/04/05/sandro-gaucho-e-o-vulcao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

11 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Eterno Sandro Gaucho…. Ídolo aqui em natal pela a torcida do América

    • Precisamos ir pra Natal, aliás… Deixa eu juntar grana que apareço por aí…

  2. Cara, sensacional seu post … muito legal mesmo!
    Espero que tenha gostado da nossa cidade … é um prazer muito grande receber visitantes de outras cidades e principalmente para conhecer o Ronaldão, palco de muitos jogos históricos da Caldense, e provavelmente será do Vulcão tb.
    Na próxima visita a Poços, sinta-se convidado a fazer uma visita aqui na Rádio Difusora, onde trabalho e faço parte da equipe de esportes.

    Forte abraço!

    • Opa! Já ta agendado!
      Próxima visita te aviso!

  3. Cara parabens pela matéria

    o Dono deste time é aqui de Santo André tmb…morava no bairro campestre..é mto amigo do meu primo

    abraços

    • Valeu Matheus!!!

  4. Gosto bastante desse time aí e gosto muito mesmo de Poços de Caldas!

    Mas o que eu gosto mais (muito mais) é de ir com você aos jogos!!!

    amo vc

    • Amo ir a qquer lugar c vc, Mari!

  5. Tenho um tio que mora em Poços, no bairro Parque Primavera (é caminho para o CT do Vulcão). A casa dele é bem na borda da cratera… A subida para chegar lá não é fácil, de carro só em primeira e se for a pé chega lá no alto com a língua encostando no chão… hehehe. Mas é uma cidade sensacional para visitar e passar um fim de semana. A SAGED está apostando alto nessa parceria com o Vulcão, que poderá ser mais uma vitrine para jogadores da empresa. Alguns atletas como Bruninho e Luís Carlos já estão despertando interesse e até o Sandrão deve receber convites.

  6. Excelente reportagem !! Fiquei feliz em ver Aguas da Prata lembrada aqui. Eu nasci e moro em Santo Andre, torcedor do Ramalhao, tenho as raizes da minha fanilia em Aguas da Prata e agora meu pai voltou a morar lá.

    Abs

    DIogenes

  7. sandro gaúcho e familia agradecemos a vcs pela excelente reportagem e vizita em poços e esperamos vcs em breve para ver os proximos jogos
    um abraço familia sandro gaucho


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: