Juventus na Javari

Sabadão de sol pelo ABC.

Ideal para aquele rolê de bike até o Parque Central de Santo André, onde eu e a Mari demos uma corridinha básica para “queimar os pecados”.

Voltamos pra casa e após um almoço natureba coordenado pela Mari, decidimos passar a tarde num dos programa mais tradicionais ligados ao futebol: um jogo do Juventus na Rua Javari.

set 001

O jogo é Juventus x Portuguesa Santista, pela Copa Paulista 2009, e aparentemente, o estádio Conde Rodolfo Crespi recebe um público interessante para uma tarde ensolarada de sábado.

set 002

E não é que o pessoal da Briosa subiu a serra e veio até a Javari tentar empurrar a Portuguesa Santista? Até porque, com uma vitória a Lusinha passava para a próxima fase da competição.

set 003

Na Javari é assim, a Setor 2 comanda a festa. A primeira barra a surgir nos estádios brasileiros, canta o tempo todo, num tom muito diferente do que os estádios brasileiros estão acostumados. E não faltam tirantes, bandeiras e … até uma sombrinha grená… Destaque e abraços aos amigos Piva, Toro, Trafani e companhia!

set 027

É interessante ver que começa a surgir um movimento entre torcedores das equipes fora do “grande eixo” para se integrarem, independente das rivalidades. E assim, misturamos andreenses, lusitanos e juventinos numa mesma bancada. 

set 008

Sobre o estádio, fiquei triste ao ver que o Pão de Açúcar, substituiu aquele antigo placar manual por um “moderno” placar eletrônico (que nem sempre consegue ser lido).

set 012

Tirando o novo placar, tudo na Javari ainda tem uma cara oldschool, meio alternativa. Das cabines especiais, ao teto de madeira, passando até pelo banco de reservas, tudo tem seu ar nostálgico…

set 032

set 041

set 013

O grande nome do jogo pra mim foi o bandeira, que além de encarar de frente os jogadores, ainda encarou (de costas) a pequena, mas reclamona torcida da briosa. Em determinado momento, pareceu me que o bandeira chegou a virar pra torcida e disparar algumas injúrias contra o povo que ali alentava.

set 015

Não há nada como assistir ao jogo de pé, apoiado na grade , respirando na nuca do goleiro (e gritando ooooooooo filho da p*** a cada tiro de meta).

set 016

O jogo seguiu tranquilo. Fim do primeiro e… um início de confusão. Dedo em riste, aglomeração e gritaria.  Briga de torcida? Protestos? Desencontros? set 017

Não, não, são apenas os tradicionalíssimos canoles de creme e chocolate vendidos durante os intervalos, higienicamente enrolados em guardanapos (dos duros). Acredite, são irresistíveis.

set 020

Mais importante que uma foto em frente ao jogo é uma foto em frente à barraquinha dos canoles. 

set 019

E óbvio, mais importante do que foto, é comer um. Ou dois. Ou três. A R$2 cada, você deixa todo o dinheiro que levar. Saboreados ao som de música italiana, que animou todo o intervalo do jogo.

set 021

2o tempo começa, de longe a setor 2 parace ainda mais guerrilheira, acreditando no Juventus, acima de qualquer coisa.

set 023

O 0x0 persiste, os quase 500 torcedores se frustram pelo provável empate, mas não deixam de curtir a festa, a vida social e a energia que existe no último Estádio Mágico da cidade de SãoPaulo.

set 026

Escanteio pro Juventus, mas… Não é tarde de gol. Confiante na vitória grená, apostei com o Élcio, um canole no Juventus. 

set 029

E como temos adotado a mania de eternizar nossas passagens pelos estádios por meio de fotos, segue uma sequência da gente, a começar pelo Gui, do www.explusosdecampo.blogspot.com , em seu momento ACAB:

set 034

Já a Mari e eu, preferimos um visual mais convencional, ali, ao lado da grade…

set 036

Com esse cabelo, desisti de fazer pose de mal… Agora saio sorrindo e com cara de besta. A mesma cara que fiz ao pagar o canelo pro Élcio, já que o Juventus ficou no 0x0, classificando-se para a próxima fase da Copa Paulista 2009.

set 038

Por fim, um retrato do que a Moóca tem enfrentado como maior adversário, a verticalização do bairro. Verticalização traduzida em prédios e mais prédios que trazem um novo tipo de morador, muito menos identificado com as origens romanticamente obreiras do lugar.

set 040

Sou torcedor do Santo andré, todos sabem, mas sigo torcendo para que o Juventus mantenha viva a chama do amor ao bairro, da cultura local, da diversão humilde, mas real.

Que a rua Javari continue reunindo diferentes vozes, cores e valores em torno do pequeno campo do time grená.

Apoie o time de sua área!

set 045

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://asmilcamisas.wordpress.com/2009/09/28/juventus-na-javari/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Cara, da próxima vez que você for a um jogo do Juventus, você me convida?

    Abs!!

    Guga

    • Claro…. se soubesse, tinha te chamado nessa!

  2. Grande Mau, belo texto e muito boas as fotos, principalmente a ACAB do Gui…haha

    Gracias pelo recuerdo vindo do East End! Ja faz parte da minha parede de futebol…

    um abração

    • true friends will always be there
      é nóis, trafani!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: