Em busca do estádio perdido em Botelhos (MG)

Ontem eu estava relendo o blog e percebi como o futebol pode nos permitir andar por mundos tão diferente e falar a mesma língua, não é mesmo?

De Aguaí para Paris, de Amsterdam para São Bernardo, de Londres para Paulínia… Diferentes línguas e costumes, mas a mesma paixão pela bola…

É incontrolável.

Assim, sigo minha sina buscando os estádios por perdidos por este mundo, cada dia mais legal.

Nossa missão desta vez nos leva a pequena cidade Mineira de Botelhos…

escudo

Ok, confesso que eu nunca tinha ouvido falar de Botelhos, mas nunca duvidei que tivesse seu estádio, e após alguns minutos atravessando a cidade (que é bem pequena como pode se ver abaixo), chegamos ao Estádio.

botelho

O Estádio tem um nome no mínimo curioso “Brinco de Ouro da Praia Formosa“. Não me pergunte porque, aliás, até essa manhã (06/09/09) não havia nenhum referência ao estádio no google. De qualquer modo, o Estádio é acolhedor e muito bonito, como podem ver:

viagem estadios 177

O Estádio é guardado por um caseiro que mostrou-se muito orgulhoso em ser o guardião da fortaleza. Além disso foi bem bacana em nos deixar entrar e bater umas fotos de dentro. (Fui besta, devia ter tirado uma foto dele, o cara tinha várias histórias legais).

botelhos2

Segundo ele, o time local é muito bom, e ficou uma boa série de jogos sem perder em casa. Fiz questão de sair na foto para registrar minha aventura no histórico Estádio.

botelhos3

É um Estádio pequeno, mas merece todo respeito. Batalhas locais são tão importantes quanto grandes clássicos.

botelhos

A Mari também fez questão de sair, afinal, sem ela eu não estaria fazendo essas viagens malucas em busca de Estádios que poucas pessoas conhecem

botelhos4

E é isso, pessoal. Essa semana devo postar mais uma nova camisa para tentar chegar às 1.000.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://asmilcamisas.wordpress.com/2009/09/06/em-busca-do-estadio-perdido-em-botelhos-mg/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Minha terra,portanto procuro sempre assuntos do local pela internet

  2. bom dia,li sua materia sob botelhos,e achei simplesmente maravilhosa,pois sou de botelhos,e a 46 anos ,sai de la e nunca mais voltei,nem pra visitar,não conheço ninguem de la ,pois não tenho familiares la. a proposito,tenho 52 anos de idade,portanto sai de la com apenas 6 anos de idade. parabens continue nos mostrando as belezas deste pais maravilhoso que é nosso brasil.abraços

  3. Olá, gostei das matérias sobre estádios perdidos. Por acaso nunca estiveram no RS? Por aqui tem estádios que se mantém na história, mas infelizmente alguns não existem mais. Vou citar um exemplo curioso ou sinistro. Em Porto Alegre, existiu o Estádio da Montanha, que era tb conhecido como Colina Melancólica, que ficava na zona dos cemitérios, que pertencia ao Esporte Clube Cruzeiro da capital. Em 1970, o clube vendeu o estádio, foi demolido e no lugar foi erguido um cemitério. Até hj ainda tem uma parte da arquibancada em pé dentro do cemitério. E é muito visitado. Fica perto do estádio Olímpico do Grêmio, que tb logo deixará de existir, o clube está construindo uma arena, que será inaugurado em 2013. Já o antigo estádio do Inter, o Eucaliptos, depois de muitos anos de abandono, foi vendido e está sendo demolido. O outro estádio da cidade, Timbaúva foi vendido para uma rede de supermercados. E na minha cidade natal, Novo Hamburgo, fica a 43 km da capital, o time local tb vendeu o estádio e está no novo. Se vierem visitar RS, serão bem vindos. Abraços.

    André Dias


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: