12- Camisa do V.O.C.E.M.

niver-mau-008

A 12a camisa é muito especial, pois é do VOCEM, time de Assis, cidade de origem da minha família por parte de pai.

Atualmente o clube está licenciado do futebol de campo profissional, o que é muito triste pela tradição que esse brasão carrega. Pelo que vi, o nome segue apenas no futebol de salão.

O time foi fundado pelos religiosos da Vila Operário (daí o significado da sigla: Vila Operário Clube Esportivo Mariano), e as cores do uniforme (branco e grená) representam o pão e vinho. Era chamado de “Marianinho”.

Outro fato legal é que meu pai conta que chegou a jogar pelo VOCEM e até ajudar na organização do time (na época restrita ao padre Belini da igreja que ficava em frente a casa da minha vó Luzia, já falecida). Coincidência ou não, o time foi fundado em 21 de julho de 1954 e meu pai nasceu em 22 de julho.

Esses dias folheando o livro “Assis de A a Z”, do Marcos Barrero, li um belo texto contando a fatídica história do VOCEM, que em 1984 chegou ao quadrangular final da divisão de acesso, mas perdeu todos os jogos, sendo o último uma goleada de 7×1 para o Paulista de Jundiaí.

assis

Achei uma imagem meio distorcida do distintivo do time:

distintivo-vocem

Enfim, o VOCEM se tornou uma ligação muito especial pra mim, por lembrar minha infância, quando passava o Natal em Assis. Além disso tem uma coisa bem engraçada, o apelido do estádio é Tonicão, e meu avô era chamado de Tonico, e aqui em Santo André, o estádio é o Brunão e meu avô por parte de mãe que aqui vive, chama-se Bruno. Coincidência, não? Em breve prometo um post com fotos dos dois estádios e dos dois vôs.

Abraços!!!

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://asmilcamisas.wordpress.com/2008/11/13/12-vocem/trackback/

RSS feed for comments on this post.

65 ComentáriosDeixe um comentário

  1. me lembrou o uniforme de rugby da croacia, da uma olhada nesse link

    http://sport2wear.wordpress.com/2008/02/04/rugby-croacia/

    abs e parabens pelo blog
    =)

  2. parabéns pelo blog…morei em assis ate meus 27 anos hj estou com 33 morando em santos..minha casa fica ,a rua antonio zuardi mesma rua do tonicao..brinquei muito de bola la na construçao do estadio e ja joguei ate o juvenil doo vocem..e tbm fui coroinha do padre aluisio bellini…ainda me lembro daqueles jogos no estadio marcelino de souza….daquela velha arquibancada de madeira que ficava a galera.. a geral aonde tinha os eucalipitos que faziam sombra era mais caro…abraço

    • É isso ai cara, quanta saudades daquela época do vocem, aqueles jogos no marcelino de souza, a torcida fanatica comandada pelo chefe de torcida o Maguila, eu ia em todos os jogos, pois moro ali perto do estadio marcelino de souza, esse time faz muita falta na cidade, e tem uma torcida fanatica, quem sabe um dia ele volte a brilhar pelo interior de são paulo como antigamente.

  3. […] ficou por dez anos, sendo rebaixado em 1978, e retornando apenas em 84 ao golear humilhantemente o VOCEM por 7×1 (mais um motivo que eu teria pra não suportar o […]

  4. Nossa… sou torcedor do vocem e só quem viveu a época do Estádio Marcelinos de Souza é que pode lembrar como era bom torcer para o Vocem. Saudades eternas daquelas tardes de domingo… estádio lotado… o tio da carrocinha vendendo amendoin, laranja descascada, pipoca, e todos gritando Vooooocemmmmmmmmmmm!
    Nossa, inesquecivel.

    • E se vc gosta do VOCEM, aguarde, porque consegui uma camisa que é de valor histórico pra quem é de Assis… Aguarde!

    • ola, li seu depoimento e gostei pq eu tambem vivi essa epoca,,,,,é isso mesmoq vc descreveu,,,parabens,saldades daquele tempo

  5. Essa camisa que ta aí é da década de 90. A relíquia de verdade é aquela da década de 80, feita em fio 30, com listras na vertical em branco e grená. Aquela sim é saudosa. Vi o bigíu fazer muitos golas com aquela camisa. Eita saudades. Inesquecível.

  6. Sou apaixonado pelo Vocem, ja fui gandula,roupeiro,massagista,tecnico do junior, e supervisor , hoje sou professor em Londrina mas jamais esquecerei as tardes de domingos no campo Marcelino de Souza, chega arrepia, muita torcida soltando fogos, papel picado, fumaça etc, ai que saudades Vocem!!!!

    • BLZ FELIPE, EU CONHEÇO VC EO SEU IRMÃO HOJE MORO EM SP MAS SEMPRE ME LEMBRO DOS JOGOS NO SÃOPAULINHO COMO DIZIA…KKK TUDO DE BOM.

  7. Parabéns pela camisa do Vocem,

    Sou mais um dos apaixonados pelo time de minha cidade natal, pois quando hoje digo o nome Vocem é motivo de risos em Santos-SP onde moro a 13 anos. Tenho saudades dos domingos quando ia ver jogos do Vocem no Marcelino de Souza e posteriormente no Tonicão.

  8. muito legal a matéria sobre o VOCEM, eu tbm joguei e morei em Assis até 5 anos atrás

  9. Salve, salve!!!

    Parabéns pela iniciativa do blog… Muito interessante!!! Sou jornalista (diplomado!) e resido em Assis (nascido e criado, mas não p/ sempre!!!). Também cresci assistindo os embates vocemistas nas arquibancadas de madeira do Marcelino de Souza, assim como no lado do sol no cimento do Tonicão!!! Ano passado, em conjunto com meu chapa Álvaro Loureiro, produzi um documentário sobre os 54 anos do VOCEM (gravado em um reencontro de jogadores das mais diversas gerações) e se você quiser lhe envio com o maior prazer algumas fotos do meu acervo pessoal (todas do fotógrafo Lúcio Coelho, extremamente conceituado por aqui!). É importante que aqueles que ainda possuem laços com a camisa alvibordô divulguem os feitos dessa agremiação pelo mundo… Afinal, são essas lembranças que mantém viva a esperança de um retorno digno de tamanha tradição.

    Quando o padre Aloísio Belinni, um dos principais líderes comunitários na história da Vila Operária (a mais tradicional da cidade de Assis) e que foi pároco do bairro por mais de 35 anos, decidiu fundar um time, sua intenção não era a conquista de títulos ou a revelação de grandes craques, mas sim atrair os jovens da época para a igreja através deste esporte. Surgia assim, em 21 de julho de 1954 o “Marianinho”, importante equipe do futebol amador, que tempos depois se tornaria o saudoso VOCEM, iniciais de Vila Operária Clube Esporte Mariano, mas que também significa voz em latim.

    As ligações com a religião não pararam por aí. O branco e o bordô foram escolhidos como cores do clube por representarem o pão e o vinho, ou seja, o corpo e o sangue de Cristo. Além disso, os jogadores da época eram obrigados a freqüentar a missa, sob ameaça de não jogarem como punição caso faltassem. O padre também era presença freqüente nos estádios, onde tinha o costume de rezar com os jogadores antes das viagens e partidas.

    O distintivo da equipe recebeu inscrições em latim com as frases “Audite Vocem Domini” e “Non ducor duco”, que significam respectivamente: “Ouviste a voz do Senhor” e “Não sou conduzido: conduzo”. Para Herivaldo Pereira, historiador que em 2004 organizou a exposição sobre o cinqüentenário de fundação do clube, “o VOCEM não é apenas um time, mas um movimento cultural criado em um bairro periférico da cidade, entre as décadas de 50 a 70 e que ao longo de sua trajetória obteve diferentes roupagens norteadas no campo religioso, vinculado a movimentos paroquiais”. Porém, Herivaldo também destaca “o vínculo da equipe no campo cultural, porque sempre esteve relacionado a outros movimentos surgidos naquela comunidade e ainda esportivo, principalmente porque o time perpassa a trajetória do futebol ao longo da segunda metade do século XX, na várzea, no amador e profissional”, completa.

    O ingresso do clube na divisão profissional se deu em 1978, quando disputou a segunda divisão de futebol, tendo encerrado a primeira fase invicto e caindo apenas nas semifinais. A estréia foi no estádio Marcelino de Souza contra Dracena e o primeiro gol do VOCEM foi marcado por Paulo Cuca. Naquela época, a base do time eram os jogadores da própria cidade que haviam acabado de conquistar o bi-campeonato amador de futebol.

    Alguns adversários dessa época costumavam realizar grandes partidas contra o VOCEM. “Devido à rivalidade local, os jogos contra a Paraguaçuense e o Corinthians de Presidente Prudente sempre tinham um clima diferente. Outros adversários tradicionais eram o Tanabi e o Bandeirantes”, revela o jornalista Reinaldo Nunes, que na época fazia parte da TUVO (Torcida Uniformizada da Vila Operária).

    A melhor fase da história do clube viria na década de 80, quando o time disputou a segunda divisão do campeonato paulista de 82 a 89. Nessa época, o VOCEM esteve muito próximo da elite, mas nunca conseguiu o acesso. Em 1984 o time chegou ao quadrangular decisivo como um dos favoritos, porém na reta final contra Paulista, Noroeste e União Barbarense acabou decepcionando. Muitos torcedores se lembram até hoje do folclórico lance cometido pelo zagueiro Renatão nessa campanha, quando sozinho na grande área cometeu um pênalti primário colocando a mão na bola. Na época, muitos torcedores colocaram em dúvida a honestidade do jogador e da equipe treinada por Valter Zaparoli, acusando-os de estarem vendidos.

    Quando passou a jogar no campo Antonio Viana da Silva, o “Tonicão”, a partir da década de 90, o clube entrou em declínio para desespero da Mancha Roxa, torcida organizada fundada nesse período. A estréia no novo estádio foi em um amistoso contra o Corinthians, de Neto, Ronaldo e Viola, quando a equipe mariana foi goleada por 4×0. Nessa mesma época, o time também enfrentou o Santos de Antonio Lopes e Guga, sendo derrotada por 1×0. Para desespero dos torcedores o time foi caindo pelas tabelas e acabou se licenciando em 1992, sob a presidência de Mauro dos Santos, devido a problemas financeiros. Anos depois o clube ainda tentou retornar aos gramados, mas endividado, licenciou-se novamente.

    Entre muitos atletas que se destacaram com a camisa da equipe, podemos citar o goleiro Marinho, o lateral Deci (que passou pela Portuguesa e futebol alemão), o zagueiro Dario, o volante Agnaldo, o meia Adilsinho, além do atacante Vidotti (que também jogou na Lusa e no Corinthians), que trabalhou no clube como diretor. Porém, os maiores nomes da história do clube são o meia Lela, pai dos jogadores Alecssandro e Richarlyson e que havia se sagrado campeão brasileiro com o Coritiba em 85, além do atacante Fabinho, que jogou em Assis em 88 para depois se tornar campeão nacional com o Corinthians em 90.

    Atualmente, a Autarquia Municipal de Esportes vem usando o nome do clube em sua equipe de futsal devido à tradição do clube no cenário esportivo. Havia também uma expectativa na cidade de que o VOCEM retornasse ao futebol profissional nos últimos anos. Antigos dirigentes, atletas e torcedores se mobilizaram nesse sentido, porém a falta de apoio financeiro, além de uma dívida com a Federação Paulista de Futebol tem sido um forte obstáculo nessa empreitada. E prestes a completar 54 anos de vida, os saudosos torcedores se deparam com a péssima fase enfrentada pelo futebol local sonhando com o retorno do mais importante representante desse esporte em Assis aos gramados. E a história do VOCEM segue baseada na fé…

    • Olá adorei ler seu comentário e quero dizer que sinto muito orgulho de poder ter o prazer de iniciar minha carreira nesse time e jogar durante 10 anos. adoro essa cidade, a torcida apaixonada e todos os que lutaram pra manter esse time lá em cima, pena que não foi possível. Um abraço a todos que gostam desse time chamado VOCEM !!!!!!

      • E aí Adilsinho ,qto tempo, eu sou o Rod goleiro, jogamos juntos no VOCEM, tbm tenho muitas saudades daquela época, se possivel me mande contato..um abraço…fiuqe com Deus;;;

      • ola, adilsinho,lembro d vc,vc jogava muito,estudei com outro adilsinho rsrsrsr seu irmao,,,,,,,lembro tambem,lembro q a torcida botava uma fé grande quando vc entrava,to mmentindo???????logico q nao,,,um abraço,,,,,,,vc fikou uma epoca em campinas,mora ai ou nao,,,abraço

    • Vc.citou o meia Adilsinho sou irmão dele hoje moramos em Campinas,e ainda temos contato com os jogadores,goleiro Marinho,o lateral Alemão que hoje mora em São Paulo Carlos Alberto.O Adilsinho jogou tambem no Guarani,o Neto ex corinthians foi reserva dele no juniores.E ainda foi pretendido por varios outros clubes como Bahia,São paulo,londrina,etc.Meu irmão tem fotos e reportagens de jornais como o VOZ da TERRA vou falar com ele p/ enviar p/ o blog.Parabéns!

      • Po, vou escrever pra vc, por email..
        Fantásticos contatos!!

      • Ta lembrado de jogamos bola junto ne ferroviaria, no campinho na frente da sua casa na rua são paulo em assis, manda algumas fotos para mim abraço a todos ai

      • não esquece de mandar as fotos

      • ola.cabral…lembro do vocem,seu irmao,quando vc estudava no ge,,,sou amigo do adilson davanço,irmao dele ,aquele do seu tamanho,o agnaldo,,setinha,,paulinho,lembra ou nao ,,,,,,,,,eu lembro d vc ,abraço,,,,,,,,,,,

    • Eu fui neste VOCEM e Corinthians, com meu avô e meu irmão! Morava perto do Tonicão, na Rua Espírito Santo! Poucas lembranças, tanto que achava que o jogo terminou em 2×1 (não sei porque…). Devia ter uns 3 ou 4 anos na época.

      Amigo, obrigado pelas explicações! Meus pais falam muito do Padre Aloísio, por tudo que ele representou em Assis e pelo pouco que ele é homenageado.

      Daria para tirar uma foto da camiseta por detrás? Gostaria muito de fazer uma réplica da camisa.

      Obrigado!

    • Olá Victorino morei em Assis até o ano de 1983, tive o privilégio de jogar três temporadas pelo VOCEM, eu sou o Rodnei fui goleiro na mesma época do Marinho e Bertoza, tbm tenho muita saudades daquele periodo, moro em Rondonia, me formei em Educação Física no IEDA, tenho uma academia e sou vereador tbm, se possivel gostaria que me enviasse o documentário feito dos 54 anos do VOCEM, o meu email é rodneipaes@hotmail.com, obrigado feliz 2012 pra e vc e todos Assisense….

  10. Sou mais um apaixonado pelo Vocem, aquelas tardes de domingos foram inesquesiveis, estavá lá vibrando com os gols do Rosemar camisa 7, também estavá lá quando aquele gol da equipe do Estrela tirou o nosso acesso, que pra mim foi o ponto inicial para o declinio do nosso querido Vocem. Fico feliz por ser assisense e ter vestido a camisa(amadoramente) desse grandioso clube, inclusive uma camisa da cor azul(raridade). Não podemos deixar que essa história se perca no tempo.

    • Dá lhe VOCEM.
      Será que um dia o time grená voltará aos campos??
      Só depende do povo de Assis….

  11. […] eu ter postado sobre o VOCEM e sobre a Ferroviária (é só clicar no nome dos times para ver os posts), enfim chegou avez do […]

  12. saudades dos domingo ,la no inferninho com os amigos,magriça,veinho,burraldo,pc,maguila,zé sugeira,orlando e por ai vai.
    eu e o marquinho nogueira conseguimos junto com o madeira,gerente do bradesco,aquele faixa legião mariana -força jovem.
    a semana todas ajuntando papel picado pra fazer a festa no domingo e depois passou para o tonicão.
    não tenho nenhuma foto daquela faixa(legião mariana-força jovem) se algum amigo tiver,gostaria de mostrar para o meu filho.
    tempo bom.
    saudades,saudades foi o que restou.

  13. Muitas desses histórias relatadas eu estava lá para conferindo tudo. Lembro de um jogo que pulei o muro da escola para ir ao jogo, era sábado (reposição de aula), acho que o jogo era contra União Barbarense. Tinha 10 anos, para entrar no estádio, pedia para os adultos me colocar com filho e dae entrava, na verdade ficava fazendo arte…no tonicão. Mais tarde na época quando o time foi vendido para o finado Dúlcidio Vanderlei Bosquila e um japa (…) o time foi pra água. No dia da inauguração do novo estádio contra a gambazada era técnico de som, foi uma grande mobilização da cidade, pena que aquele foi o começo do fim.
    Esperamos que um dia a federação paulista de futebol apresente ajude a cidade, como sempre faz com os grandes (quarteto de ferro) e o inesquecível volte aos gramados no vale do paranapanema.
    “o time foi e a lenda permanece”
    att

  14. ERA MOLEQUE DOS MEUS TREZE ANOS. RECORDO-ME QUE SUBIA NO MURO DO CLUBE SÃO PAULO PARA PODER VER O VOCEM JOGAR. APESAR DE NUNCA TER ME TORNADO JOGADOR, SEMPRE GOSTEI DE BATER A MINHA BOLINHA, COMO FAÇO ATÉ HOJE COM MEUS 37 ANOS, E SEMPRE FUI FÃ DOS JOGADORES QUE PASSARAM PELO VOCEM. QUEM NÃO SE RECORDA DA ÉPOCA EM QUE O VOCEM TINHA O ITAMAR SORRISO DE LATERAL, O BISPO DE PONTA ESQUERDA, O VANDERLEI MEIA ESQUERDA (JOGAVA MUITO, MAS BEBIA MUITO). MAIS PARA A FRENTE: O ROBERTINHO, MEIA ESQUERDA; O RICARDO GATO, LATERAL ESQUERDO E QUE BATIA DE TRÊS DEDOS NA BOLA COMO POUCOS; O ROBERTO ALVES, QUE ATÉ HOJE ME LEMBRO DE UM GOL DE FALTA QUE ELE FEZ NO GOLEIRO MARINHO (DE ASSIS-SP) QUANDO VOCEM E MAC AINDA FAZIAM DERBIS REGIONAIS. PUTA, QUE SAUDADE DESSA ÉPOCA. HÉLIO, GOLEIRO; CARLÃO, ZAGUEIRO; LELA; ALFINETE; BERTOSA, O GOLEIRO, QUE HOJE TRABALHA EM UMA USINA DE AÇÚCAR NA REGIÃO DE ASSIS. UMA PENA QUE O TEMPO DE MOLEQUE NÃO VOLTA ATRÁS. SAUDADES DA DÉCADA DE 80!!!! FÁBIO – ASSIS/SP.

  15. O link para o vídeo sobre a história do VOCEM é:

    http://www.facebook.com/video/video.php?v=103651502998360

  16. […] eu ter postado sobre o VOCEM e sobre a Ferroviária (é só clicar no nome dos times para ver os posts), enfim chegou avez do […]

  17. É realmente de arrepiar os cabelos dos braços porque da cabeça não tenho mais. Quero deixar aqui o meu comentário a respeito do glorioso VOCEM. Tive a oportunidade de fazer parte da história do VOCEM não citado acima por todos os comentários, mas tenho certeza que muitos irão se lembrar do meu nome quanto aqui citar. Enéas. Joguei neste glorioso time nos anos de 1982 e 1983, junto com Adilsinho, Marinho goleiro que é da cidade de Assis, Renatão, Ademir baiano, Adermizinho, Adalberto, Arengui, Heraldo enfim muitos nomes que não citei aqui. Quero dizer aqui neste comentário da minha satisfação de ter morado em Assis em 1982 e 1983 e ter feito parte da história do VOCEM. Tenho muitas saudades. Atualmente moro em Iraí de Minas – MG – Quem quiser entrar em contato comigo meu telefone é 34-3845-1378 ou por celular 34-9802-0573. Um abraço a todos meus amigos e a todos os torcedores do VOCEM. Enéas

  18. saudades d quando eu era menino de 12 anos q nao perdia um seque jogo do vocem e o antigo saopaulinho nas arquibancadas de madeiras e atras do gol do fundo do estadio marcelino d souza q tinha os pes d eucalipto,,,,,,,,,,,,,abraços a todos daquela epoca

  19. Mauricio, vou mandar p/ você uma camisa do VOCEM de 1984, aquela de fio. Abraços!

  20. gostaria de lembrar do matador o inesquecivel BIGU esse gostava de fazer gols e honrou a camisa do vocem hoje trabalha na prefeitura e aida joga no veterano de assis ,abraços.

  21. […] ficou por dez anos, sendo rebaixado em 1978, e retornando apenas em 84 ao golear humilhantemente o VOCEM por 7×1 (mais um motivo que eu teria pra não suportar o […]

  22. oi boa tarde a todos que adoram o vocem,gostaria de sager se vcs tem camisa do vocem para vender,eu joguei no vocem,e não tuve uma só camisa gostaria de ter uma.

  23. VOCEM é conhecido no Brasil inteiro e até fora do Brasil passo ferias em Cordoba/AR até la o VOCEM é conhecido, viajo muito pois trabalho com futebol até hoje, graça ao bom Deus hoje sou formado em educação fisica pela UNOPAR em Londrina, sou professor e empresario , comecei no VOCEM como gandula, passei a mordomo, fui massagista e depois supervisor, ajudei o sr Mauro dos Santos a montar aquele excelete time que tinha,Helio,Marcos Coco,Nélio,William,Catanoce,Rogerinho,Rosemar,Pirula,Lela,Bigu,Chiquita,Carlinhos Cabeção,Deci,Bertoza,Cristiano,Cristiano atacante,Badé etc.esse time só não subiu porque no jogo em José Bonifacio o pau comeu, eles prepararam uma guerra para nós, pois fomos recebidos com ponta pé, bomba,quiboa etc, o jogo estava 0x0 até 20 minutos do segundo tempo quando o lateral Marcos Coco chutou uma bola para lateral mas que foi fora do estadio e o arbitro o expulsou inteligente Marcos Coco virou para o primeiro na sua frente e deu um murro no rosto, ai o pau comeu, a torcida invadiu com lança ( estacas de ferro utilizadas para treinos) foi um sufoco se não fosse a valentia do goleiro Helio, dos zaqueiros William e do Nelio e dos 5 seguranças que levamos não sei o que seria da gente, resumindo saimos do estadio depois das 20;00 horas o jogo acabou faltando 25 minutos e o arbitro expulsou quase o time todo nosso.
    Mas voltando para o futuro o Fernandinho tem uma Academia de Futebol do VOCEM em Assis, e ele me pedio para entrar em contato com os jogadores que conheço e tenho o telefone para fazer um encontro em Assis com futebo/pagode e churrasco, em breve havará esse jogo, tenho os telefones do goleiro Hélio ( Sorocaba)goleiro Fábio( Taubaté)Lateral Marcos Coco ( Bauru) zaqueiro Nelio ( Rio de Janeiro ), zaqueiro William ( Taquaritinga )zaqueiro Modesto ( Bauru )volante Roberto Alves ( Santo Antonio da Platina )volante Catanoce ( São Jose do Rio Preto) volante Luiz Fernando ( Ourinhos )lateral esquerdo Rogerinho ( Bauru )atacante Lela ( Bauru ) meia esquerda Chiquita( Bauru ) atacante Nilson Preley ( Bauru )atacante Itamar Sorriso ( Londrina )atacante Fabinho ( Santo André ) meia esquerda Mario Sergio ( Ourinhos)atacante Naldinho ( Limeira )
    e muitos outros, se alguem quizer entrar em contato comigo para pegar numero de algum ex jogador do VOCEM é só ligar 43 9116 0628, 43 3357 2368
    abraços
    Felipe Veloso

  24. Você quer matar um pouco da saudades do VOCEM, entra no site http://www.umdoistres.com.br vai no link assis noticias e vai em Assis em Fotos o otimo reporter fotografico Lucio Coelho colocou muitas fotos do VOCEM ,Os anos dourados do VOCEM, Os anos dourados do VOCEM parte 1, Os anos dourados do VOCEM parte 2.

  25. Não posso esquecer de citar o zaqueiro Beto ( Sorocaba )lateral esquerdo Augusto (Cesario Lange)zaqueiro Geraldo ( Sorocaba )atacante Daniel (São Paulo ) atacante Gil ( Bauru )zaqueiro Carlão ( Mirassol )zaqueiro Gilson ( Goioere ) meia Agnaldo ( Belem )

  26. O goleiro Hélio é dono de bar em Sorocaba, o lateral Carlinho Cabeção é professor de educação fisica,o zaqueiro Carlão é tecnico hoje treina o sub 20 do São Caetano,o meia Agnaldo é caminhoneiro, o volante Roberto Alves é dono de escola de futebol, o volante Catanoce é tecnico, o atacante Naldinho trabalha em uma fabrica de bijouteria em Limeira,Itamar Sorriso é tecnico atualmente comanda o Paranavai,o atacante Fabinho é empresario de jogadores.

    • ola felipe,,,é um praser ver vc aki,sou renaldo , jogavamos bola em campo de terra na vila ribeiro,atras de um açougue,,,,meus colegas vc vai lembrar,edimilson,valdo,,,lembra<<<todos seus depoimentos li,gostei bastante,,,,,fiz tg em 87 acho seu irmao tambem fez,,sei q ele é policial,,,lembro d todos,mas lembro bem do agnaldo q vc disse q hoje é caminhoneiro,,,jogava muito,e raçudo,parabens a vc ,fika com deus

      • Abraços, lembro sim, campo atrás do prédinho que era um açougue na época, dava cada raachão.

  27. o vocem deixou muita saudades na queles anos entre 84 ate os meados 86 eu amava aquele time depaixao nao perdia um jogo lembro que estava internado e na hora da visita eu com 14anos fis doutor me dar alta fui embora e acompanhei a partida pelo radio .tanabi 2 vocem 0 chorei muito a noite depois do fantastico passou o vt na integra eu assisti achando que resutado ia mudar.tempos bons muita saudades lembro de alguns jogadores goleiro carlos gaucho andre luis lateral beto balança e robertinho zagueiro dario carlao lembro do itamar sorriso jesuino do bispo do ricardo do vanderlei luis andrade camisa 5 entrava com seus filhos em campo e o grande centroavante serginho reporte de campo carlos pelandre muitaaas saudades sinto um no na garganta da vontade chorar. vocem grande passado saudade imenssa um abraço a todos ama o vocem maneco de ourinhos.

  28. […] dono é o dono do As Mil Camisas. « Camisas do Boca – Museo Boquense Camisa do Everton » […]

  29. eu fiquei muito feliz em lembrar do vocem, meu avô vendia pipoca no estadio e todo domingo eu ia na casa dele para ser “convidado” para ajuda-lo e, logico, não perdia uma jogada. abraço

  30. Acompanhei muitos jogos do VOCEM na década de 80 e 90 – jogos no estádio da Ferroviária e no Municipal, estádio do Clube São Paulo…sim muitas saudades. Uma pena que a cidade cresceu e não valorizou a história e a dedicação de muitos que fizeram o impossivel pelo futebol local.

  31. Me lembro dos domingos á tarde no Marcelino ia com meu avô (que vendia pipoca no estádio) para ajuda-lo e na verdade ia era pra ver a bagunça na arquibancada, prduzida pelo Maguila, Dinão, Burraldo e outros. kkk. sou amigo do cidinho da prudentina (prudenciana) que trabalhava na padaria recor na av. Armando Salles que ficava sentado na “linha de impedimento” para zoar com o árbitro…eu morava perto do TG e não perdia um jogo.

  32. TIVE O PRAZER DE JOGAR NAS CATEGORIAS DE BASE DO VOCEM DE ASSIS NO ANO DE 1984 COMO GOLEIRO DA EQUIPE DENTÃO..
    COMIGO NAQUELE TIME JOGAVAM: EGESIEL (ZIZA), MAZOLA, ADILSINHO, ALEXANDRE (FAROFA), PAULINHO SIMAS, NICOLAU, TADEU, VILADETE E ALGUNS MAIS QUE NÃO ME LEMBRO AGORA.
    DEPOIS DISSO COMO TÉCNICO DE EXTERNAS DA RÁDIO DIFUSORA DE ASSIS, ACOMPANHEI O VOCEM POR QUASE TODO ESTADO DE SÃO PAULO… QUE SAUDADES DE QUANDO O VOCEM MANDAVA OS SEUS JOGOS NA FERROVIÁRIA E NO MARCELINO DE SOUZA…. QUANDO VIAJAVA COBRINDO O CAMPEONATO PAULISTA OU O BRASILEIRÃO PELOS MAIORES ESTÁDIOS DO BRASIL, EU SEMPRE ENCONTRAVA COM RADIALISTAS DE VÁRIOS LUGARES DO BRASIL E QUANDO EU FALAVA QUE ERA DE ASSSIS, TODOS PERGUNTAVAM: E O VOCEM COMO VAI ????
    HOJE SÓ RESTA SAUDADE DO TEMPO BOM QUE JÁ SE FOI..

    NILSON LUIS GOMES (XUXU)
    ASSIS SP

  33. NOSSA QUE SAUDADE, DAQUELA ÉPOCA, O VOCEM É UM RESUMA DE MINHA INFÂNCIA QUE BOM QUE EM ASSIS E REGIÃO O VOCEM SIMBOLIZAVA O SONHO DA GAROTADA E ESPERANÇA EM SER UMA PESSOA DE BEM, GRAÇAS A DEUS PUDE FAZER PARTE DO PLANTEL DO VOEM EM SEU TEMPO GLORIOSO QUANDO QUASE SUBIMOS PARA 1º DIVISÃO DO FUTEBOL PAULISTA, MESMO FAZENDO PARTE DAS CATEGORIAS DE BASE VIVI INTENSAMENTE AQUELES MOMENTOS POR ONDE ANDAM OS CRAQUE QUE DESFILARAM COM A GLORIOSA CAMISA DO VOCEM DE ASSIM BIGU (ATACANTE), CORINA (VOLANTE), PAULINHO SIMAS (ATACANTE), ZIZA (ATACANTE), CALÃO (ZAGUEIRO), HELIO (GOLEIRO), ADILSON (MEIA), FABINHO (ATACANTE), MARCÃO (GOLEIRO), MARINHO (GOLEIRO), FAROFA (LATERAL DIREITO) JUQUINHA (LATERAL ESQUERDO), LAILÃO (PONTA DIREITA) CARLINHOS BEICERA (ZAGUEIRO), EDSON (GOLEIRO), NISSINHO (ATACANTE) ENTRE OUTROS. AI QUE SAUDADE DAQUELA ÉPOCA. AMIGOS DO VOCEM,.

    • Santos apesar de a muito tempo estar longe de Assis, tbm tenho muitas saudades, tinhamos uma torcida apaixonada e jogadores que sempre honraram a camisa que vestia. Tive o privilégio de tbm fazer parte desta equipe entre os anos de 81, 82 e 83. Joguei (fui goleiro) na época do Adilsinho, Mario Cesar, bertoza, e outros……Hoje moro em RO, sou professor de ed. Física, tenho uma academia e sou vereador….um abraço a todos assissenses de coração….
      Rodnei Paes..

  34. […] Infelizmente, em 1967, o clube perde uma partida decisiva contra o MAC (Marília Atlético Clube) e inicia-se uma crise agravada ainda mais com a ascensão de outro time da cidade, o VOCEM (veja a camisa dele aqui). […]

  35. Quero comprar uma camisa do VOCEM, de Assis/SP, mas da antiga.

  36. gostaria muito de saber noticiaa de um jogador do vocem de 1987, vocês lembram do Camurça?

  37. Moro desde o ano passado em Assis, e já ouvi falar muuuito desse time, já ouvi até gente falando que veio pra minha cidade, Itápolis, ver o VOCEM jogar com meu Oeste!!!!!!
    Às vezes fico imaginando a tradição que tinha o “Time do Padre”, e não me concebe como esses times acabam desse jeito…

  38. da equipe de base 1984 palito nicolau batata xuxu ricardinho farofa tadeu kubota adilsinho simas ziza mazola cabral pudim

  39. Eu tenho 39 anos e minha infância vivi em Assis assistindo os jogos do VOCEM desde a época do Estádio da Ferroviária onde passaram Itamar Sorriso, o goleiro Bertoza, o volante Alcântara, entre outros…também me lembro do Aldilsinho, Zé Davi, etc…q saudades!!! O Padre Aloísio vivia orgulhoso…

    • Valeu!
      Acompanhe o blog em http://www.asmilcamisas.com.br

    • Amigo morei em Assis na Rua Joaquim Murtinho na rua do antigo (buracão) hoje um Parque ficou muito bonito pelas as fotos.
      Eu conheci o padre aluisio fiz primeira comunhão com ele e fui seu
      coroinha comi muita ostea e bebia seu vinho italiano era um padre muito bravo mas de muito conhecimento.
      Sou da epoca quando deu aquela tromba da agua no buracão que
      matou aquelas pessoas,todos meus amigos só não morri porque a
      uma semana antes vim para São Paulo.
      Amigo eu morava do lado do buracão quase que minha casa foi toda engolida pelo puraco joguei futebol no marianinho comi muita
      fruta roubada na chacara do velho Julio era nos fundos de minha
      casa.

  40. Opa blza, neste ano de 2014 o VOCEM vai voltar a jogar pela Segundona do Paulista, são 10 jogos na 1ª Fase e classificam os 3 primeiros de cada grupo e os 3 melhores 4º colocados. Os jogos começarão dia 6/04 as 10h contra o Pres. Prudente no TONICÃO…
    E o VOCEM, acaba de ganhar mais um torcedor, porque meu brother vai jogar nesse time, que tem uma excelente história!!! Se você puder deixar uma rádio ou algum canal que transmita os jogos agradeço, porque, vou acompanhar e torcer para o VOCEM se classificar e ir até as finais….

  41. Ai galera, tem 3 tamanhos do uniforme oficial do VOCEM, P,M e G, se vc e de Assis pode comprar pelo site que está no link e ter a opção de retirar na loja da qual é esse site, e pra quem e torcedor do VOCEM fora de Assis eles enviam para todo o Brasil!!! Não perca essa Oportunidade , adquira já a sua!!!

    http://loja.mfpresentes.com/cod/20/2435/uniforme-oficial-vocem-tamanho-m.html

    Ou então basta entrar em contato com o Matheus Nespolo de Almeida pelo Facebook:

    https://www.facebook.com/matheusnespolo?fref=nf

  42. Olá amigos.

    Sou o José Carlos Franco dos Santos, aquele pequeno garoto que morou em Assis entre os anos 1973 e 1980 porém, Zé Carlos para poucos, eu era conhecido como “ZÉ DO GANCHO”, um apelido que ganhei logo que me mudei para Assis e participei de uma competição de Baquete no antigo Grupo Escolar José Augusto Ribeiro que posteriormente passou a ser o Colégio Carolina Francini Burali.

    O VOCEM realmente marcou na vida de muita gente, suas cores são marcantes. Aquela campanha de 1984 me marcou muito, acompanhei tudo pela imprensa e quando foi para o quadrangular final eu passei a contar com o acesso certo, infelizmente foi aquela tragédia e uma goleada de 7 x 1, fiquei arrasado porém, tudo passa e a vida se renova, quem sabe um dia ainda possamos a ver o VOCEM brilhar novamente, assim esperamos.

    Tive o prazer de nos anos 70 (73 à 79) jogar nas categorias menores (dente de leite e juvenil) com uma galera muito boa de Assis, desde o Sãopaulinho passando pela Ferroviária, Guarani e VOCEM, sempre juntos e comandados pelo querido Cridão (o “Pirata”), quanta saudades……

    Goleiros:
    Marinho – Morava ao lado da casa de meus avós no final da Rua Gonçalves Dias – de fundos para a Ferroviária,
    Roberto (Rapadura), que jogava futebol de salão descalço e batia na bola de “dedão” kkk,
    Bahia – Se não estou enganado, morava na Sebastião Leite do Canto, perto da sorveteria.
    Rodnei – O Rod, que pelo informado por ele mesmo, é homem público em Rodônia e que na nossa época, também pegava muito no gol.

    Zagueiros:
    Carlão (Alemão) – Usava aqueles calções super apertadinhos, parecia que ia estourar kkkk, me encontrei com ele em São Paulo a alguns anos em São Paulo.
    Toninho – Jogava muito com aquelas chuteiras de 6 cravos de rosca, era um sucesso…
    Miguel, Luizinho, Baite e Tute – Zagueiros firmes e que não brincavam em serviço, grandes zagueiros.
    Ditão – Lateral dos bons, firme e voluntarioso.

    Meio campo:
    Robilan Antônio Fernandes – Ainda me lembro seu nome inteiro pois estudamos juntos e além de jogarmos no mesmo time, fazíamos trabalhos escolares em grupo, sempre que vou a Assis procuro dar uma passada no bar dele na Sebastião Leite do Canto para tomar uma tubaína Cristalina kkk, nossos pais foram companheiros de trabalho na Fepasa, jogava com muita calma, um volante e tanto.
    Nélio e Nelson – irmãos gêmeos filho da Dona Cida, bar frequentado pelos boleiros, jogavam muito… o Nélio era demais….
    Adilsinho – O craque do time, batia faltas como poucos, falei com ele e com seu pai por telefone a alguns anos, acho que ainda moram em Campinas.
    Banana (Luiz Alberto) – Meio campo inteligente e jogava fácil, me encontrei com ele no final de 2013 quando estive em Assis.
    Coquinho – Perninhas fiiiiiiinas e habilidoso.
    Zé David – Um tanto marrento kkkk, mas também jogava muito.

    Atacantes:
    Niltinho – Filho do seu Zé de Souza, ponta direito habilidoso e rápido que morava perto do Seminário.
    Cambé: Outro ponta direito rápido que também fazia gols.
    Gê – Ponta esquerda que batia forte na bola.
    Hélio – Ponta esquerda habilidoso, para tirar a bola de seus pés era complicado para os zagueiros.
    Batatinha (Mário Sérgio Mendes) – Oh canhoteiro chato kkkk, um de meus melhores amigos, morávamos na mesma rua, Dra. Ana Barbosa, eu perto da rua do cemitério e ele perto do Seminário, vivíamos “um” na casa do “outro”, ele fazia parte de uma família de boleiros (Família do seu Carmélo Taxista), mudou-se para os EUA e parece que ainda continua por lá. E aí Batata; por onde vc anda cara?????

    E para terminar, “eu”, Zé do Gancho, o menor da turma porém, não sofria por isso, se não tinha corpo compensava com a habilidade e posicionamento na área, realmente eu tinha uma facilidade danada para fazer gols. Fiquei muito surpreso quando em uma de minhas visitas a Assis alguém veio comentar comigo (no clube São Paulo) de um gol que fiz de bicicleta no estádio da Ferroviária em uma preliminar da equipe principal, até hoje me lembro do adversário, Bernardino de Campo, nesse dia ao final do jogo, o Sr. Viladete, que era dirigente da Ferroviária foi até o vestiário me cumprimentar por isso, foi uma glória para o pequeno centroavante kkkk.

    Quanta saudade……. “Tempo bom,,,,,,, não volta mais”…..

    Em 1980 me mudei para São José dos Campos e passei a jogar futsal, a nossa equipe disputava o campeonato paulista quando a Gercan de São Paulo fazia muito sucesso, atletas como Douglas (patada atômica), Miral, Jackson (melhor do mundo) e outros faziam muito sucesso na seleção brasileira. Em 1986 rompi o ligamento cruzado de um dos joelhos e parei com o futebol ainda jovem, 26 anos.
    Atualmente, depois de 32 anos trabalhando na Embraer (empresa aeronáutica) e mais 3 de Banco do Brasil ainda em Assis como menor aprendiz, me aposentei e agora, me divirto com duas paixões;
    – Paixão 1 – Sou professor universitário com a disciplina de matemática financeira (e outras correlatas), leciono brincando e cantando, quem desejar ver o que o tempo fez comigo (estou mais bonito kkk), é só entrar no youtube e digitar “xuxa e marajá”, tem um vídeo de uma aula minha que foi colocada por uma aluna.
    – Paixão 2 – Depois que parei com o futebol (1986), passei a jogar bocha, inclusive tive a oportunidade de fazer parte da seleção paulista em duas oportunidades nos sagrando bi-campeões brasileiros. Jogo pela seleção de minha cidade e rodamos o estado aos finais de semana, uma delíca, numa dessas em me encontrei com o Adilsinho em Campinas, que foi me prestigiar e matarmos a saudade. Já estive jogando em Assis também, a última vez foi em dezembro de 2013 quando me encontrei com o Banana.

    Quem desejar me escrever,meu e-mail é:

    josecarlos_maraja@yahoo.com.br

    Meu apelido agora é esse, “Marajá”, pelo fato de eu chamar a todos de Marajá na época do Collor (1990), meu apelido mudou, “Zé do Gancho” para os amigos de Assis e “Marajá” para o resto do mundo kkkk.

    Se esqueci de algum companheiro da época, peço desculpas, afinal são mais de 30 anos.

    Abraços a todos e parabéns pelo espaço.

    José Carlos (Zé do Gancho – Marajá)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: